Web Radio Cidade

Domingo, 23 de Junho de 2024

Policial

Polícia Militar divulga detalhes da ocorrência que acabou com a morte de uma mulher em Herval

Sheila Alves de Brito, 42 anos, foi morta com um golpe de objeto pontiagudo que atingiu seu peito.

Web Rádio Cidade
Por Web Rádio Cidade
Polícia Militar divulga detalhes da ocorrência que acabou com a morte de uma mulher em Herval
IMPRIMIR
Espaço utilizado para comunicação de erro nesta postagem
Máximo 600 caracteres.
enviando

A Polícia Militar divulgou detalhes da ocorrência em que Sheila Alves de Brito, 42 anos, foi morta com um golpe de objeto pontiagudo que atingiu seu peito em Herval d´Oeste. O crime aconteceu na noite deste domingo, 26, por volta das 19h, em frente ao local onde são realizados bailões, na Rua Beira Rio. As primeiras informações davam conta que o golpe seria de uma faca, mas a PM revelou que o objeto usado como arma do crime ainda não foi identificado e nem encontrado.

Segundo o relado da PM, a guarnição foi acionada via 190 sobre um esfaqueamento no clube de festas e quando os policiais chegaram no local a vítima já havia sido socorrida pelo SAMU e conduzida até Hospital Universitário Santa Terezinha. A autora do fato também não estava mais no local.

A guarnição esteve no hospital e os socorristas do SAMU tentavam reanimar a vítima. Na delegacia de Joaçaba foi apurado que a autora havia se apresentado para esclarecimentos sobre o crime. Momentos depois, a polícia foi informada que a vítima não resistiu aos ferimentos e morreu e que a lesão que causou a morte foi provocada por um objeto perfurante no peito.

Na delegacia, a autora do fato, relatou que recebeu uma ligação de que sua mãe estava sendo agredida por outra mulher no clube, ela então dirigiu-se até o local. Chegando lá, não localizou a mãe, mas identificou a mulher que teria cometido a agressão. Houve então uma discussão no local e nas palavras da autora, a vítima teria partido pra cima dela, sendo que para se defender ela então teria usado um objeto perfurante, semelhante a "uma lança, ou faca, algo de ferro, com ponta", atingindo o peito da vítima. Após isso, ela saiu do local e se dirigiu até a delegacia com familiares, para relatar o fato. Também compareceu na delegacia a mãe da autora, prestando esclarecimentos sobre o fato e, segundo ela, já teria uma desavença antiga com a vítima.

A Polícia não localizou o objeto perfurante usado no crime. A polícia civil acionou IGP também estiveram no local do fato e apuram o crime. A autora foi ouvida pelo delegado de plantão e como não houve flagrante, por ter se apresentado, irá responder pelo crime inicialmente em liberdade.

FONTE/CRÉDITOS: Eder Luiz
Comentários:
Web Rádio Cidade

Publicado por:

Web Rádio Cidade