Web Radio Cidade

Domingo, 23 de Junho de 2024

Geral

Pai mata a própria filha na frente da neta de 4 anos

O caso aconteceu em Vitória.

Web Rádio Cidade
Por Web Rádio Cidade
Pai mata a própria filha na frente da neta de 4 anos
IMPRIMIR
Espaço utilizado para comunicação de erro nesta postagem
Máximo 600 caracteres.
enviando

Um pai matou a própria filha com golpes de canivete após uma discussão na noite de sábado (8) no bairro Santos Dumont em Vitória. Segundo a Polícia Militar, Sebastião Carlos da Silva, de 66 anos, estava embriagado e confessou que assassinou a filha, Brenda Luz da Silva, de 30 anos, com golpes no pescoço e em um dos seios.

O crime aconteceu no início da noite de sábado dentro de casa. Uma moradora de 87 anos, que preferiu não ser identificada, disse que a filha da vítima, de apenas quatro anos, presenciou toda a cena.

A vizinha contou ainda que Brenda ainda tentou fugir, mas caiu na escadaria em frente da casa.

“Quando eu ouvi já tava todo mundo gritando e chorando, eu não sabia o que era. Ouvi os gritos de todo mundo, a irmã dela tava gritando muito. Ela veio correndo e caiu, mas já tava toda cheia de sangue, toda cortada”, comentou a vizinha.
O motivo da briga não foi informado pela polícia. Quando os policiais chegaram na casa onde aconteceu o crime, o pai estava sentado na cama. O canivete ainda sujo de sangue foi encontrado com o homem.

Os policiais disseram que tiveram dificuldade em conversar com Sebastião, porque ele estava muito embriagado, mas o homem relatou para a PM que tinha vários problemas com a filha e confessou o crime.

A perícia da Polícia Civil foi acionada e o suspeito foi encaminhado à Delegacia Regional de Vitória.

Outros vizinhos também afirmaram que as brigas entre os dois eram constante.

“É muito triste, eu conhecia ela desde pequena, meus filhos cresceram juntos com ela. Ela não era menina de brigar com ninguém, muito trabalhadora”, apontou a vizinha.
A Polícia Civil informou que o caso será investigado pela Delegacia de Homicídios de Vitória. O pai foi autuado em flagrante por homicídio qualificado por motivo fútil, com recurso que impossibilitou a defesa da vítima e, foi encaminhado para o Centro de Triagem de Viana (CTV).

O corpo da vítima foi encaminhado para o Departamento Médico Legal de Vitória para ser necropsiado e, posteriormente, liberado para os familiares.

FONTE/CRÉDITOS: Michel Teixeira
Comentários:
Web Rádio Cidade

Publicado por:

Web Rádio Cidade