Web Radio Cidade

Domingo, 23 de Junho de 2024

Policial

Incêndio criminoso: homem mata filha de três meses e sogra durante a madrugada em SC

O autor do incêndio teria discutido com a esposa antes de atear fogo nos familiares e esfaquear o companheiro da sogra.

Web Rádio Cidade
Por Web Rádio Cidade
Incêndio criminoso: homem mata filha de três meses e sogra durante a madrugada em SC
IMPRIMIR
Espaço utilizado para comunicação de erro nesta postagem
Máximo 600 caracteres.
enviando

Um incêndio criminoso na casa de uma família com nacionalidade cubana, no bairro Vila Rica, em Criciúma, no Sul do Estado, matou a avó e a neta carbonizadas na madrugada deste sábado (1º). O pai da menina de apenas três meses foi preso em flagrante por atear fogo nos próprios familiares.

O autor do crime, de 32 anos, teria arremessado um frasco de gasolina após discutir com a esposa, de 31 anos. A casa de alvenaria de aproximadamente 100 m² foi totalmente consumida pelo fogo.

Quando o Corpo de Bombeiros Militar chegou ao local, por volta das 2h30 da manhã, o incêndio já estava em fase de desenvolvimento completo. As guarnições da Polícia Militar constataram o crime de imediato e o autor, que ainda estava ali, foi preso na hora.

O autor do crime, de 32 anos, teria arremessado um frasco de gasolina após discutir com a esposa, de 31 anos. A casa de alvenaria de aproximadamente 100 m² foi totalmente consumida pelo fogo.

Quando o Corpo de Bombeiros Militar chegou ao local, por volta das 2h30 da manhã, o incêndio já estava em fase de desenvolvimento completo. As guarnições da Polícia Militar constataram o crime de imediato e o autor, que ainda estava ali, foi preso na hora.

Os bombeiros combateram o fogo com quatro lances de mangueiras e cerca de 8 mil litros de água.

Durante o trabalho de rescaldo, os agentes encontraram o corpo da avó e da neta bebê carbonizados, que dormiam no mesmo quarto no momento do incêndio.

Casa alvo de incêndio criminoso abrigava família cubana

Sete pessoas da família moravam na residência na Rua Cecilia Novacoski Espindola, todas de origem cubana: a sogra (51 anos), o companheiro da sogra (58 anos), a esposa (31 anos), o autor do crime (32 anos) e as três crianças, sendo a enteada de 12 anos e os dois filhos bebês (uma menina e um menino de apenas três meses).

O homem ainda esfaqueou o companheiro da sogra, que foi hospitalizado em estado grave com queimaduras pelo corpo e perfurações por faca.

Todos os membros da família foram atendidos pelo SAMU. A esposa também foi hospitalizada com queimaduras pelo corpo, mas a menina de 12 anos e o outro bebê de três meses conseguiram escapar ilesos do incêndio.

A Polícia Civil, Polícia Científica, Instituto Médico Legal, SAMU, Corpo de Bombeiros Militar e Conselho Tutelar estiveram no local.

O autor do crime, suspeito de homicídio e feminicídio, foi conduzido à Central Regional de Plantão Policial para os procedimentos cabíveis.

FONTE/CRÉDITOS: Fonte ND+
Comentários:
Web Rádio Cidade

Publicado por:

Web Rádio Cidade