Web Radio Cidade

Domingo, 23 de Junho de 2024

Geral

Eleitores são impedidos de votar na eleição para suplentes do Conselho Tutelar em Campos Novos

CMDCA diz que TRE não repassou a lista atualizada, causando o impedimento de 30 pessoas que iriam participar da votação.

Web Rádio Cidade
Por Web Rádio Cidade
Eleitores são impedidos de votar na eleição para suplentes do Conselho Tutelar em Campos Novos
IMPRIMIR
Espaço utilizado para comunicação de erro nesta postagem
Máximo 600 caracteres.
enviando

Durante as eleições para o Conselho Tutelar no município de Campos Novos, ocorridas no domingo, dia 19, um incidente surpreendeu os eleitores: quase 30 deles foram impedidos de votar, apesar de estarem de posse de toda a documentação necessária e estarem devidamente registrados como eleitores aptos.

Solange Fagundes Lima, presidente do Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente (CMDCA), expressou sua insatisfação com a situação. Ela apontou que a lista fornecida pelo Tribunal Regional Eleitoral (TRE) não continha os nomes de todos os eleitores habilitados, resultando em uma falha que afetou a participação dos cidadãos. Dos 30 eleitores impedidos de votar, incríveis 28 estavam com sua documentação em dia.

"É inaceitável que em um processo tão importante para nossas crianças aconteça isso, tendo cidadãos sendo privados de exercer seu direito de voto", declarou Solange. "O CMDCA já tomou medidas, oficializando o Cartório Eleitoral local e solicitando explicações sobre essa falha lamentável. Além disso, comunicamos o Ministério Público, que está ciente do ocorrido."

A promotora Raquel Betina Blank, do Ministério Público, esteve presente no dia das eleições e acompanhou de perto a situação, demonstrando preocupação com a ocorrência desse incidente.
Em resposta, o Cartório Eleitoral de Campos Novos confirmou ter recebido o questionamento e encaminhou o caso ao TRE, aguardando um posicionamento oficial sobre o ocorrido.

Enquanto as autoridades competentes estão em processo de investigação, a população exige respostas e esclarecimentos, pois independentemente do pleito, as pessoas precisam se sentir seguras quanto à integridade dos processos democráticos.

 
FONTE/CRÉDITOS: Eder Luiz
Comentários:
Web Rádio Cidade

Publicado por:

Web Rádio Cidade